HOME|EDITORIAL|Domingo eu vou ao Maracanã???
Domingo eu vou ao Maracanã???
Domingo eu vou ao Maracanã???

Data: 09/03/2018

Pela 5ª rodada da Taça Rio, o invicto Fluminense voltará a campo neste domingo contra a equipe do Nova Iguaçu, cujos proprietários, os irmãos Moraes, são os mesmos donos da Bloom Soccer Assessoria Esportiva, empresa que teve relações com o nosso clube em temporadas passadas.

O tricolor das Laranjeiras, com 3 vitórias e 1 empate, líder do seu grupo, não deve ter dificuldades para bater o rival, que é o lanterna geral do torneio.

O jogo será disputado no Maracanã, com a entrada para as arquibancadas (somente vão abrir a Sul e a Leste inferiores) custando R$ 50,00 (R$ 25,00 a meia). 

A nossa torcida tem reclamado muito através das redes sociais do alto (?) valor. 

Será que tem razão? Será que se esqueceu que no domingo passado o valor pago em Los Larios, no jogo contra o Volta Redonda, foi de R$ 40,00 (R$ 20,00 a meia)?

Não quer dizer este Observatório do Fluminense que o nosso torcedor, que é soberano, não tenha razão em reclamar do custo.

Mas é preciso refletir: certamente o aluguel do Mario Filho é infinitamente maior do que o do estádio que pertence ao Tigres, em Xerém.

Não podemos esquecer o que determinou o Conselho Arbitral da FERJ com relação ao preço dos ingressos:

“INGRESSOS

Sobre os valores das entradas, ficou determinado pelo Conselho que:

- Os jogos no Estádio Nilton Santos terão como valor menor de R$ 20,00 (inteira, jogos entre clubes grandes e médios) e o valor máximo de R$ 100,00 (inteira, clássicos).

- Os jogos entre clubes médios terão o valor mínimo de R$ 20,00 (inteira).

- Os jogos em São Januário terão o valor mínimo de R$ 40,00 (inteira).

- Os jogos na Ilha do Urubu terão o valor mínimo de R$ 40,00 (inteira) e máximo de R$ 100,00 (inteira).

- Os jogos no Estádio da Cidadania terão valor mínimo de R$ 20,00 (inteira) e máximo R$ 100,00 (inteira, clássicos).

No Maracanã, não foram determinados os valores dos ingressos, devido à indefinição sobre sua utilização.”

Portanto, pensa este Observatório do Fluminense que o foco tem que ser outro:

Laranjeiras tem que estar preparada para dar essa resposta, ou melhor, já tinha que estar preparada há bastante tempo.

É preciso correr contra o tempo e revitalizar o estádio Manoel Schwartz para o futebol profissional, com uma capacidade para 15 mil pessoas.

Poderíamos então, colocar como objetivo ter 15 mil sócios torcedores. Ganharia o clube e, logicamente, a nossa torcida.

Hoje existe um grupo de pessoas trabalhando na revitalização do estádio. Cabe a todos os poderes do clube, a todos os grupos políticos de situação e oposição, e, principalmente, ao Presidente Pedro Abad, darem o máximo suporte para que efetivamente o projeto chegue ao seu objetivo.

É tempo para falar pouco e fazer muito. Com custos menores, mais sócios, mais receitas, poderemos exigir maiores investimentos na contratação de jogadores.

É hora de refletir, todos juntos e unidos na mesma direção.

Haverá tempo para pensar em outro estádio, cuidar das Laranjeiras significa o contrário de apequenar-se.

O Observatório do Fluminense observa!

 

 

 

 

 

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden