HOME|EDITORIAL|Joga com raça que o nosso povo te abraça
Joga com raça que o nosso povo te abraça
Joga com raça que o nosso povo te abraça

Data: 11/05/2018

Foi muito mais do que um jogo de futebol. Apesar da derrota, voltamos com a classificação e isso é realmente o que importa. Tudo o que um torcedor do Fluminense pede existiu por parte do nosso time: garra, entrega, vontade, luta e honrar a camisa!!! A mescla perfeita.

Por isso, hoje, a nossa torcida, sempre soberana, se dirigiu até o aeroporto do Galeão para recepcionar os nossos guerreiros. É assim que também se constrói a sinergia que deve sempre existir.

Por outro lado, cabe a este Observatório do Fluminense aplaudir de pé os Tricolores que estiveram em Potosí, na Bolívia, a 4.067 metros de altura. Parte da aventura em avião, além de horas e mais horas subindo a montanha por uma estrada de 5ª categoria. E assim como os jogadores, mesmo na arquibancada, nossos torcedores também sentiram toda a sorte de adversidades que a altitude traz consigo.

Outrossim, quando tudo parecia remar numa direção, eis que somos surpreendidos pela demissão do CEO Marcus Vinícius Freire, além das sinalizações feitas pelo Diretor Executivo, Paulo Autuori, que deixou transparecer a sua insatisfação por erros que estão sendo cometidos no clube, com a anuência do Presidente Pedro Abad.

Este Observatório do Fluminense pede uma maior reflexão tanto do mandatário quanto dos membros do Conselho Diretor e todo o Conselho Deliberativo.

Agora, descanso e pensamento exclusivamente direcionado ao jogo contra o Botafogo pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro, na segunda-feira que vem às 20h.

Que o exemplo e a mensagem que a nossa torcida vem dando cheguem de imediato à cabeça do Presidente Pedro Abad e tenham, imprescindivelmente, poder de transformação.

Este Observatório do Fluminense, para o desgosto dos oportunistas de plantão, continua observando e vendo quem realmente quer fazer algo para transformar o Fluminense.

Na foto, o Tricolor Flavio Sinno em território boliviano, na estrada de Ventilla a Potosí, a exatos 105 quilômetros do estádio onde o Fluminense jogaria.

 

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden