HOME|EM FOCO|Edgard Nascimento Neto|Quem quer ser um Campeão? (por Edgard Nascimento - “Testemunha da história”)
  • Edgard Nascimento Neto
    Edgard Nascimento Neto
    Carioca, Engenheiro, Tricolor desde sempre, fã incondicional do futebol. Frequenta os estádios desde 1959, aos cinco anos. De Laranjeiras, para o mundo.
Ver mais colunas
Distribuidora de Produtos Alimentícios e DescartáveisDistribuidora de Produtos Alimentícios e DescartáveisDistribuidora de Produtos Alimentícios e Descartáveis
em foco • Por Edgard Nascimento Neto • 25 jul 2017
Quem quer ser um Campeão? (por Edgard Nascimento - “Testemunha da história”)

Todo torcedor considera-se Campeão se o seu time é vencedor, ou seja, se aquela equipe ergue TAÇAS. Isto é claríssimo.

A pergunta-título conduz a respostas diretas, é ÓBVIO. Existem duas: sim ou não. Não existe um "campeão mais ou menos". Ou é ou não.

Nosso Clube sempre foi um Campeão. Campeão em organização, em fidalguia. Campeão em pioneirismo. Campeão em ídolos eternos. Campeão em levantar TROFÉUS. Isto conduz todos os torcedores tricolores a um contexto POSITIVO e orgulhoso.

Por outro lado, ninguém quer ser "campeão" em leniência para com a defesa institucional do Clube. Ninguém deseja ser "campeão" em contratar um número recorde de jogadores inúteis ou em renovações contratuais caríssimas. Ninguém almeja se achar o próprio "dono da verdade", sem que sejam debatidos os porquês de certas atitudes ou procedimentos. Ou sim?

Ninguém quer avocar o título de "campeão" das previsões apocalípticas de um possível momento difícil do nosso Clube. Ninguém quer ser o "campeão" de chorar mágoas de eleições passadas, por perder supostos cargos prometidos no Fluminense. Ou sim?

Muitos também não irão querer merecer o "título" de apupadores insanos de um time que está imbuído de suas capacidades, de querer algo melhor, sob um comando qualificado. Ou sim?

Existem muitas reclamações, quase que sem sentido algum, sem sequer uma proposição positiva de debate, NADA. Reclama-se e fim.

Não vou querer saber de "chorões", "pavões", "filhões", "virjões", azêmolas em récuas e similares. Não, não vou.

As perspectivas de um plano que está sendo executado são as melhores possíveis. Antes, "caminhava-se e andava-se" para a realização de algo que fosse compatível aos momentos atravessados pelo Clube. Não havia cuidado - pasmem - em gerir recursos.

Com uma administração em novo desenho estrutural, poderemos, sim, pensar em melhorar sob todos os aspectos, mas é necessário o comprometimento geral. Todos os setores terão profissionais capacitados, aspecto este que, por si só, é um grande alento.

Há que se entender que, NESTE momento, está sendo colocado em prática o que foi definido PASSO A PASSO. É importante ressaltar que, se isto não for feito com cuidado, as dificuldades, mais tarde, serão muito maiores.

O momento é, sem dúvida, de UNIÃO.

O Fluminense Football Club sempre foi um Campeão.

Eterno Campeão!

 

TOQUE SUTIL: do grande tricolor, Nardy Nascimento, meu saudoso pai:

"É mais fácil evitar problemas do que se livrar deles."

 

 

 

VOLTAR PARA EM FOCO
Compartilhe
  • Googlemais
comente
Distribuidora de Produtos Alimentícios e DescartáveisDistribuidora de Produtos Alimentícios e DescartáveisDistribuidora de Produtos Alimentícios e Descartáveis
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden