HOME|NOTÍCIAS|Pedido de liberação de Scarpa tem julgamento marcado para 7 de junho
Na Mídia • Por Felipe Siqueira e Felipe Zito - Foto: Bruno Mendes/ Assessoria de Imprensa de Bragança Paulista • 01 jun 2018
Pedido de liberação de Scarpa tem julgamento marcado para 7 de junho

A novela Gustavo Scarpa pode ganhar novos capítulos na próxima semana. O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro marcou para quinta-feira, dia 7 de junho, um novo julgamento em 2ª instância do mandado de segurança no qual o jogador pede sua liberação do Fluminense antes da decisão final sobre o caso. A informação foi dada primeiramente pelo Esporte Interativo e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Nesta fase, será julgado o mérito do mandado. No começo de janeiro, Scarpa havia conseguido, através deste pedido, se desvincular do Tricolor, assinando logo em seguida com o Palmeiras. No entanto, no dia 15 de março, a liminar foi derrubada em julgamento no TRT-RJ e seu vínculo com o Fluminense voltou a ter valor.

Além de Flu e Scarpa, foram intimados/citados no processo a CBF, a Ferj, o Ministério Público do Trabalho e o Juízo da 70ª Vara do Trabalho do RJ, onde corre o processo em 1ª instância. O mérito será analisado na SEDI-II (Seção especializada em dissídios individuais II).

Vale ressaltar que as partes ainda aguardam a decisão final da juíza Dalva Macedo, da 70ª Vara do Trabalho do RJ, em 1ª instância. Caso esta sentença saia antes do dia 7 de junho, o julgamento do mérito do mandado de segurança perde o objeto de apreciação.

Scarpa não atua desde o dia 11 de março, quando marcou dois gols na vitória do Palmeiras sobre o Ituano. Nesse período, ele não pode frequentar o clube palmeirense. Por outro lado, também não se reapresentou ao Fluminense.

Sem atuar desde 11 de março, Gustavo Scarpa parou de frequentar a Academia de Futebol do Palmeiras dias depois do duelo contra o Ituano, quando marcou os dois gols na vitória alviverde pela última rodada da fase de grupos da Paulistão. Também não se apresentou ao Fluminense.

Desde então, o meia vem mantendo a forma na cidade de Hortolândia (SP). Ele contratou um profissional para realizar treinamentos particulares enquanto aguarda o desfecho da sua situação na Justiça. Scarpa tem tido tempo até para atuar pela equipe de futsal de sua cidade.

 

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden