HOME|NOTÍCIAS|Digão traça objetivo para sequência do ano: “Pensar grande”
Futebol • Fonte: Comunicação/FFC - Foto: Lucas Merçon/FFC • 13 set 2018
Digão traça objetivo para sequência do ano: “Pensar grande”

Após a vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo no último domingo, o Fluminense tem uma sequência de três jogos difíceis fora de casa. E o autor do gol do último triunfo, Digão, foi o responsável por dar entrevista coletiva nesta quinta-feira, no CT da Barra. O zagueiro afirmou que o Tricolor pensa grande e está de olho na parte de cima da tabela.

- O Fluminense é time grande. Tem que pensar grande. É difícil, os times da frente abriram. Mas vamos em busca dos nossos objetivos, que é chegar na Libertadores. Vamos jogo a jogo. Sabemos que é difícil, mas vamos em busca disso - disse Digão.

Antes de Digão falar com a imprensa, o elenco Tricolor trabalhou forte no CT da Barra. A atividade começou com um aquecimento em campo reduzido. Depois o grupo foi dividido em dois e participou de um trabalho tático, que teve início em metade do campo e encerrado usando todo o gramado. Para terminar, um treino de cruzamento e finalização. O time volta aos trabalhos na manhã desta sexta-feira.

 

Veja outras respostas de Digão:

 

PRÓXIMOS JOGOS

Vamos ter três jogos muito difíceis pela frente. Atlético-PR e Chapecoense são muito fortes em casa. Mas o Fluminense é time grande. Vamos em busca dos três pontos. Traçamos uma meta com a comissão técnica e vamos em busca dela.

 

AMADURECIMENTO

Foi muito bacana o período que passei fora. Quatro anos no Mundo Árabe, Cruzeiro. Estou mais maduro. Cresci como atleta e como pessoa. Sou muito mais consciente das coisas que faço.

 

ATLÉTICO-PR

Muito dessa reação do Atlético-PR vem do fator casa. Eles têm uma força muito grande lá, a torcida empurra bastante, o gramado é diferente. Sabemos que vai ser um jogo difícil, mas não é um bicho papão. Vamos em busca dos três pontos, mesmo sabendo das dificuldades.

 

400 JOGOS DE GUM

O Gum é a nossa referência dentro do Fluminense, dentro e fora de campo é um exemplo pra gente. Vejo como muito bonita e honrosa essa marca de 400 jogos que ele está chegando. Ainda mais se tratando de futebol brasileiro. Fico feliz por ele. Um cara merecedor, batalhador.

É um sonho. Estou muito distante. Mas vou correr atrás dessa marca. A gente é lembrado no futebol por essas marcas, por conquistas. Espero chegar um dia a uma marca parecida com a do Gum.

 

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden